Pensamento Holístico Vs Compartimentalizado

 Em Educação

pensamento holístico

Pensamento Holístico. O conceito de yin e yang, ou o “Princípio da Polaridade”, é uma lei natural, fundamental para a nossa vida aqui. Irá encontrar uma dualidade em quase tudo. Esquerda / direita. Preto / branco. Quente / frio. Este princípio tem muitas manifestações no nosso corpo também. É um conceito crucial para quem quiser aprimorar a sua saúde.

Quando se trata de saúde mental, neste caso processamento de informações, essa polaridade mostra as suas duas caras novamente. Numa extremidade temos o pensamento compartimentalizado, e noutro temos o que é conhecido como pensamento “holístico”.

O pensamento compartimentalizado é o pensamento do “cérebro esquerdo”. Calculista. Programado. Mente científica. É aí que se concentra em tópicos específicos, reunindo o máximo de dados possível para formular as suas teorias.

É assim que o nosso sistema de educação nos ensina. Química. Biologia. Física. Tudo está separado. O nosso sistema médico é compartimentalizado também. “Neurologistas”, “imunologistas”, “oncologistas”. Ensinar desta forma traz problemas, e não é por acidente. É fácil enganar as pessoas quando você as leva pelo mesmo caminho durante toda a sua vida. Eles podem pensar que são “lógicos”, mas estão a ser tudo menos isso.

O pensamento holístico é o que está no outro extremo do espectro, o processamento do cérebro direito. O pensamento intuitivo. É ser capaz de sentir como os pontos de informação se ligam, agregando-os para resolver problemas. Os trabalhadores da “saúde holística” associam as imagens de tudo o que pode tornar alguém “saudável” para encontrarem o melhor caminho. A sua popularidade está em alta e a resolver muitas questões que outros não conseguem por uma razão. A lógica precisa da intuição para a equilibrar, para se certificar de que você não está a ser aldrabado. A sua mais profunda sensação está geralmente correcta, certo?

Temos problemas sempre que a dualidade Yin / Yang está em desequilíbrio. O problema na nossa sociedade de agora é que estamos muito compartimentalizados, e essa responsabilidade recai sobretudo sobre o meio académico, mas também é reforçada por hábitos culturais.

Os médicos geralmente não sabem nada sobre nutrição e é por isso que eles estão a ter muitas dificuldades em pôr um fim às epidemias de saúde. Têm uma visão demasiado compartimentalizada. As pessoas têm perspectivas distorcidas sobre o que está a acontecer no mundo porque eles não vêem como certas coisas se associam, e é por isso que estão híper-focadas numa questão e não conseguem ver o quadro geral. Estes são apenas alguns exemplos deste desequilíbrio.

Se treinar para ser não apenas um esquerdino cerebral da linha dura, um “gravador e regurgitador” de conhecimento, mas também um destro cerebral que interliga pontos, então não terá nenhum problema em navegar neste mundo e em entendê-lo.

99 problemas para uma mente afinada para resolver.

Fontes: http://higherdiscernment.blogspot.pt/2017/04/compartmentalized-vs-holistic-thinking.html 

Artigos Recentes

Deixe uma resposta

Contacte-nos

Envie-nos um email e responderemos assim que possível.

Não legível? Alterar texto.

Pesquisar