Bem-vindo!

A questão de como nos podemos proteger a nós e aos nossos filhos contra as principais doenças infecto-contagiosas (imunização) é sem dúvida uma das questões mais controversas na medicina moderna. A maioria das autoridades ortodoxas da saúde acredita que a vacinação é a maior intervenção de saúde pública bem sucedida que alguma vez se fez. É verdade que muitos milhares de vidas foram salvas.

sabedoria vacinas

É igualmente verdade que nunca se realizaram estudos longitudinais definitivos sobre a segurança da vacinação e, se foram realizados, nunca foram publicados. Isto significa que o número de vidas perdidas e os efeitos a longo prazo das doenças crónicas causadas pelas vacinas, nunca foram propriamente quantificados.

O objectivo desta página é o de proporcionar ao leitor informação factual, de modo a ajudar numa tomada de decisão informada sobre a saúde da sua família. Deliberadamente não daremos opiniões, apenas informação. Não faremos afirmações, apenas forneceremos dados. Esta informação não é de modo algum aconselhamento médico. Os leitores devem, obviamente, decidir por eles mesmos qual o método de imunização que querem usar mas saberão pelo menos que podem fazer opções.

É importante que os leitores saibam que em Portugal não existe nenhuma lei que obrigue os pais a vacinar os seus filhos e que não é legal pedir o boletim de vacinas como requisito para entrar num estabelecimento de ensino público. As opções dos pais em não vacinar são completamente legais e podem ser assumidas numa declaração onde se responsabilizam pelas suas opções.

infovacinas por uma decisão informada

Se recolher informação disponível suficiente e tomar uma decisão fundamentada e lógica, então actuará de uma forma responsável e informada. Nenhuns pais podem fazer melhor que isso, nem pais alguns que actuem de uma forma responsável merecem ser criticados pelos outros, sobretudo quando tais críticas são na maior parte das vezes oriundas de má informação e de crenças cegas.

FALE CONOSCO!

Deixe uma resposta